"A gente não dá certo juntos", foi o que ele disse. Mas eu não esperava que a gente desse certo, e nem que a gente desse errado. Eu só não queria que ficássemos sentados, vendo a vida passar, sendo nada juntos.
Thiara Macedo (sdpm)
Para uma garota, eu acho ela muito fechada. Pô, passei décadas tentando compreender uma mulher, saindo com elas, para quando eu morasse com uma, eu soubesse o que fazer. E agora isso, parece que estou namorando o Kimi Raikkonen. Ela é estranha, nunca demonstra nenhuma insatisfação, nunca faz uma cena de ciúme, não chora em filmes. Nunca sei como agir, é como se meu time jogasse sem centroavante, sabe? Fico sem referência.
Gabito Nunes.
Quando lhe dei o abraço de “Seja feliz, querido” pensei em dizer “Te amo pra sempre eterno amor da minha vida, vamos tentar de novo?”
Tati Bernardi. 
Sobre isso de “quem-machuca-quem”. Não há muita saída, há? É como duas pessoas que se jogam em queda livre, dividindo o mesmo paraquedas, uma só cordinha. Se alguém achar que está indo rápido demais ou que já estamos meio perto do chão, adianta consultar o outro? Não, você abre a lona e respira. Azar se o parceiro estava curtindo o vento na cara e a paisagem azulada do céu.
Gabito Nunes.
Quis contar, mas não valia a pena. Ninguém entenderia.
Caio Fernando Abreu.
Eu sei,
mas não
quero
acreditar.
paris, 1976 
Fui à biblioteca e tentei encontrar livros sobre o que fazia com que as pessoas se sentissem do jeito que eu estava me sentindo, mas os livros não estavam lá, ou, se estavam, eu não podia compreendê-los. Ir até a biblioteca não era nada fácil: todos pareciam tão confortáveis, os bibliotecários, os leitores, todos menos eu.
Charles Bukowski.
Ela fazia todo mundo rir com suas danças esdrúxulas, suas caretas bizarras e seu raciocínio incomum, mas por dentro ela sabia que todo mundo ria e ia embora, logo ela estaria de volta ao seu solitário e chato planetinha neurose.
Tati Bernardi. 
Você não ia aguentar. Sou muito entediante. Falo sério. Eu devia trabalhar como recepcionista numa dessas clínicas do sono.
Gabito Nunes.
Essa mania que as pessoas tem de dizer, “no final as coisas se ajeitam”. Porra, no final ninguém é feliz, no final a gente morre.
Sean Wilhelm
O tempo parecia pouco,
e a gente se parecia muito.
Paulo Leminski.
Se você quer alguém rastejando atrás de você, sugiro esquecer ter me conhecido e comprar uma iguana ou algo assim. Se tem uma coisa que eu sei nesse mundo é de mim. Me conheço. No meu corpo tem cromossomos de uma zebra africana. Estou sempre fugindo dos leões. Algumas pessoas escolhem ser livres. Outras não têm chance de escolha, apenas são. E nunca mudam, mesmo que queiram. É uma questão de fase: paixão não revelada é paixão morta, amor não demonstrado é amor morto. Só mais uns dias e pronto. Estarei oficialmente no limbo, na liberdade anestésica de absolutamente nada sentir.
Gabito Nunes.
Que eu possa tomar banho de cachoeira. Que eu seja a vontade de rir. Que eu possa chorar ao assistir filmes. Que transforme a raiva em vontade de me entender. Que eu possa soltar os vaga-lumes que prendi em potes. Que eu me lembre de ser feliz enquanto ainda estou vivo.
Fabrício Carpinejar
Ela só quer, como toda mulher, ser vista. Ser notada. Ser elogiada. Ser sentida. Ser amada. Ser reconhecida. Ela só quer que alguém pegue sua autoestima no colo e faça um cafuné.
Clarissa Corrêa.